Instituições receberam material ortopédico comprado com tampas

Várias instituições particulares de solidariedade social foram contempladas na passada segunda-feira com material ortopédico oferecido pela Azimute, fruto da venda de tampas de plástico para reciclagem. A associação entregou duas toneladas e meia de tampas, o equivalente a 1500 euros, dinheiro que foi utilizado para a aquisição do material. Os contemplados foram o Centro Social e Paroquial de S. Tomé, em Quintanilha, Susana Meireles, Obra Social Padre Miguel, todas do concelho de Bragança, e ainda a Associação Leque, de Alfândega da Fé. Desta vez foram entregues três cadeiras de rodas, um colchão anti-escaras, uma joalheira ortopédica articulada, duas almofadas anti-escaras, duas almofadas de posicionamento e um aquecedor de parafina. A quantidade de tampas entregues tem vindo a aumentar todos os anos, desde que a campanha "Já deste muitas tampas" foi lançada em 2006. Nestes anos foi entregue material no valor de cerca de 11 mil euros, fruto da entrega de 20 toneladas de tampas. "É material caro e que estava a fazer falta nas instituições. Os particulares têm dificuldades financeiras e contactam-nos a pedir ajuda", explicou João Cameira, presidente da associação juvenil Azimute. Desde o arranque da iniciativa já foram entregues 31 cadeiras de rodas e diverso material, como camas articuladas, colchões ortopédicos ou almofadas anti-escaras. A Associação LEQUE, de Alfandega da Fé, recebeu um aquecedor de parafina, para ser usado nas sessões de fisioterapia. "Estava a fazer muita falta porque não tínhamos nenhum. É sempre uma ajuda na conjuntura actual, uma vez que não temos muitas verbas", admitiu Manuela Gomes.

Por: MDB